Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Estrabucha

Aviso: Este blog é dado à parvoeira e raramente, mas muito raramente, falam-se de assuntos sérios.



Quarta-feira, 17.10.12

A minha melhor amiga (a seguir à minha mãe)

A minha melhor amiga não vem dos tempos de infância, conheci-a em 1997 quando entrei para a faculdade. Não foi amor à primeira vista, ela não gostou nada de mim e eu não lhe prestei muita atenção. A amizade começou no primeiro semestre do primeiro ano e foi crescendo ao longo de 4 anos de faculdade. Tornámo-nos inseparáveis quando fizemos o projecto de final de curso e, como é normal, em todas as melhores amigas não passamos uma sem a outra.

Sabemos o que a outra pensa, falamos só com o olhar e é a primeira pessoa para quem eu telefono quando preciso de alguma coisa, nem que seja chorar. Obrigado amiga por me ouvires, obrigado por me acalmares quando entro em modo de SUPER ESTRABUCHA (que é bem pior que o modo normal), obrigado por me apresentares o meu marido (é primo dela), obrigado por me ouvires refilar, obrigado por existires e partilhares comigo um bocadinho da tua vida.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:


1 estrabucha

De Carla a 23.10.2012 às 20:36

Lamechas... nem parece vindo de uma ESTRABUCHA !!!! ;)

Este tipo de amizade não se agradece, fico feliz por saber que tenho o mesmo lugar na tua Vida, que tu tens na minha!!!! Sem tirar nem pôr!!!!
E estou a contar contigo, enquanto por aqui andar!!!!
Como diria a "Meredith Grey" á "Cristina Yang": És a minha Pessoa!!!! ;)

PS1: Quem é que simpatizava com uma menina de cabelo comprido, franja e a dar "ares" de beta???!!!! Eu tinha caído de paraquedas na LAPA!!!!! Foste uma feliz surpresa :)

PS2: Eu não poderia apresentar o primo a melhor pessoa.... quem melhor que uma Estrabucha, para aturar um Teca-Teca???? ;)

estrabuchar o post




Pesquisar

Pesquisar no Blog  

Sigam-me no Facebook

Estrabucha



Podem também estrabuchar aqui

estrebucha@gmail.com


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.