Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Estrabucha

Aviso: Este blog é dado à parvoeira e raramente, mas muito raramente, falam-se de assuntos sérios.



Quarta-feira, 12.09.12

Páteo dos Petiscos

Com tanta austeridade, com tanto corte e com tanta brincadeira que o governo anda a fazer com as nossas vidas, que me tenho esquecido de vos dizer como foi no Páteo dos Petiscos. O restaurante que eu e o meu marido fomos no aniversário de casamento.

Marquei mesa com 2 dias de antecedência, soube que o restaurante era tão concorrido que joguei pelo seguro, não fosse o diabo tecê-las.

Eram 20H30 e como ainda não tínhamos chegado porque eu estava a tentar arrumar o carro, ligaram-me do restaurante a perguntar se ainda queríamos a reserva. CLARO QUE SIM. Não estive 2 dias a sonhar com os petiscos para nada!!!

O restaurante é mínimo. Tem uma pequena esplanada onde nós jantámos e mais 2 ou 3 salinhas lá dentro.

O que eu gostei foi a simplicidade. Comemos numa mesa que dividimos com mais 2 pessoas, e comemos muito bem. 

Do nosso menu fizeram parte as lascas de batata (excelentes por sinal), pica-pau, choco frito e cogumelos salteados (pelo preço acho que não valem a pena). Já a abarrotar e não contentes o H. ainda comeu um prego e eu um caldinho verde. Comi também uma serradura de sobremesa, mas para a próxima vou para a tarte de limão.

Conclusão: comemos que nem uns abades e não foi muito caro. Custou-me bem mais a noite mal dormida que foi castigo divino por ter cometido o pecado da gula!

Autoria e outros dados (tags, etc)




Pesquisar

Pesquisar no Blog  

Sigam-me no Facebook

Estrabucha



Podem também estrabuchar aqui

estrebucha@gmail.com


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.