Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Estrabucha

Aviso: Este blog é dado à parvoeira e raramente, mas muito raramente, falam-se de assuntos sérios.



Sexta-feira, 23.09.16

Continuando a conversa da Ana Malhoa

No ano em que estive em casa consegui ver alguma televisão e uma bela tarde estava eu e o homem a ver o programa do Baião na SIC e lá vai a Ana Malhoa, toda turbinada com um macacão amarelo todo colado ao corpo. 

Eu e o homem ficámos a admirar a Ana Malhoa. As pernas, o rabo, as mamas, os braços, o pescoço... E enquanto ela saltava nuns sapatos transparentes com um salto de 15 cm e com o macacão amarelo todo colado ao corpo, nada abanava nem saía do lugar.

Eu olhei para mim desgostosa, alambazada no sofá e pensei que se saltasse assim pareceria uma morsa com tudo o que é prega e refego do meu corpo a abanar. Era um tsunami de gordura e de celulite que começava nas pontas dos dedos e subiria pelo meu corpo acima, tipo onda de choque e acabaria no pescoço. 

Admito, admiro o rabo e as pernas da Ana Malhoa e quando for grande quero ser assim da cintura para baixo!

Autoria e outros dados (tags, etc)




Pesquisar

Pesquisar no Blog  

Sigam-me no Facebook

Estrabucha



Podem também estrabuchar aqui

estrebucha@gmail.com


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.