Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Estrabucha

Aviso: Este blog é dado à parvoeira e raramente, mas muito raramente, falam-se de assuntos sérios.


Terça-feira, 19.08.14

Sobre a auditoria forense do Banco de Portugal

Sabe-se que o Banco de Portugal pediu auditorias forenses a 3 instituições financeiras. Uma delas é o BES, a outra é o Montepio e a terceira ninguém sabe.

O governador do Banco de Portugal não disse qual era a 3ª instituição e por agora, como o assunto do BES se esgotou um bocado, as armas estão apontadas ao Montepio.

O que eu me questiono é se o nome do 3º banco não é divulgado por conveniência.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Segunda-feira, 04.08.14

Está tudo fodido

1. O BES partiu-se em dois. Por um lado temos o banco bom, com o dinheiro dos depositantes garantido e com os créditos "cobráveis" e por outro o banco mau com tudo o que é merda desenterrada e mais alguma que há-de vir por aí.

2. O Maior perdeu, outra vez, e até o Jesus diz que não faz milagres.

Com tanta trampa que ainda havemos de vir a pagar ou sofrer à conta do Espírito Santo nem o Jesus nos dá alegrias.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Sexta-feira, 02.05.14

E comer? Podemos Sr Primeiro Ministro?

PPC diz que aumentar o IVA e a TSU é uma solução amiga da economia. Luís Montenegro diz que uma subida do IVA corresponde apenas a 1,25€ e a TSU em 1€ para rendimentos de 500€.

Ora há muito boa gente que no nosso país não ganha 1000€ brutos e que já tem imensas dificuldades em conseguir passar o mês, agora com menos 2,25€ (no mínimo) todos os meses a situação piora um bocado.

Imaginem que querem fazer uma sopa, vão ao mercado e compram:

1kg cenouras - 0,55€/kg

1kg batatas - 0,49€/kg

1 kg abóbora - 0,89€/kg

1kg courgetes - 0,79€/kg

1 molho espinafres - 1,30€/molho

Estes preços são reais e dá um total de 4,71€. Consegue-se fazer sopa para uma semana e não gastamos os ingredientes todos de uma vez (com excepção dos espinafres). 

O aumento marginal no IVA e na TSU que o Governo e os partidos da coligação tanto se gabam, implica que em vez de conseguirmos comer sopa pelo menos uma semana no mês, comemos meia sopa.

O que é marginal não é o aumento, marginais são eles.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Segunda-feira, 14.04.14

Reembolsos do IRS surpreendem

Diz que os senhores contribuintes ficaram agradavelmente surpreendidos com os reembolsos de IRS deste ano.

POIS EU NÃO. FORAM MENOS 200€, TAU.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

Quarta-feira, 05.03.14

Flash-News

A Comissão Europeia concluiu que a desigualdade salarial entre homens e mulheres se agravou em 2012 e que em Portugal as mulheres ganham menos 15,7% que os homens.

Para combater esta desigualade o governo aprovou um conjunto de medidas, sendo que a principal deve passar pelo corte salarial dos vencimentos dos homens que ganhem mais que as suas respectivas.

PS: Tenham calma que o corte nos salários é brincadeirinha. Ou não, com estes gajos já não se sabe.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Quinta-feira, 12.12.13

O melhor do meu dia

"Bom dia, daqui Estrabucha, estou a falar com o Sr. X. Era para informar que foi contratado e que começa a trabalhar para a semana."

O que há 3 anos era banal, este ano só aconteceu uma mão cheia de vezes.

Pode ser piroso, mas fico feliz por tirar mais um do desemprego.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Terça-feira, 26.11.13

Dois pesos e duas medidas

Quando o Tribunal Constitucional chumbou várias normas do OE de 2013, vieram logo para a rua as centrais sindicais, a mostrar o seu contentamento e a exigir a reposição das normas chumbadas.

Hoje, o TC votou a favor do alargamento do horário de trabalho da função pública para as 40 horas semanais e a cantiga já é outra. Ana Avoila, coordenadora da Frente Comum, diz não entender como o TC aprovou esta norma, chegando a afirmar: "É com greves com certeza que se vai fazer a luta dos horários de trabalho, isso não tenho dúvidas. Os trabalhadores não se vão conformar com decisões desta natureza",

Não está aqui em questão se concordamos ou não com o aumento do horário de trabalho, o que está aqui em questão é que esta Sra. tem dois pesos e duas medidas para avaliar o que interessa à Frente Comum e o que não interessa.

Se o governo fizesse greve, por exemplo, ao pagamento do subsidio de férias dos trabalhadores da função pública e pensionistas, depois deste ter sido reposto, estava em incumprimento. Se a Frente Comum convoca greves por causa das 40 horas de trabalho, depois destas terem sido "validadas", está em quê?

Autoria e outros dados (tags, etc)

Segunda-feira, 18.11.13

Hoje em dia só há dinheiro para os bois. Ai desculpem para os boys.

O secretário de estado da Cultura nomeou para seu adjunto um jovem com 24 anos, cujo "extenso" curriculum é composto por 3 workshops no centro de formação de Jornalistas, fez um estágio de 8 meses na Rádio Renascença e foi durante 5 meses consultor de comunicação do PSD.

Eu não tenho nada contra o rapaz e até acho bem que o secretário de estado adjunto dê emprego às pessoas, na sua maioria do PSD, mas pronto, temos aqui um claro combate ao desemprego jovem.

Também não tenho nada contra o rapaz ir ganhar 3.000€ por mês, porque todos os jovens deveriam ganhar isso e os velhos também, vá. E assim como assim, 3.000€ por mês são peanuts na divida pública da república.

Á camandro, deves ser um grande consultor e realmente os workshops fazem milagres.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Quarta-feira, 16.10.13

Salve-se quem puder

Tabela de cortes de salários da Função Pública

Tirada do Expresso Online

Autoria e outros dados (tags, etc)

Quinta-feira, 03.10.13

O autismo do país

Sabes que estás tramado e que o país caminha a passos largos para um 2º resgate quando:

1. o Passos Coelho não para de falar no assunto, quando devia era estar caladinho, para não "assustar" quem nos emprestas os €;

2. o Seguro diz que não negoceia nem entra em acordos com o governo;

3. o Cavaco em vez de ser O PRESIDENTE DA REPÚBLICA é outra coisa qualquer;

4. os sindicatos fazem de tudo para parar a reestruturação do Estado, quando todos sabemos que é necessária;

5. os funcionários públicos são autistas ao ponto de se recusarem a trabalhar mais 1 hora por dia (sem ser remunerada);

6. o Tribunal Constitucional faz mais oposição que a própria oposição;

7. o governo abre excepções atrás de excepções para determinados grupos (a TAP e a CGD são exemplo disso);

8. todos nós achamos que o país estava bem como estava e que não são necessários ajustes.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Terça-feira, 24.09.13

A verdadeira história da crise bancária portuguesa

Podem ler AQUI

Autoria e outros dados (tags, etc)

Quarta-feira, 18.09.13

Levantar a ponta do véu

Tenho aqui que fazer um comentário ao post do blogger "Hoje há conquilhas, amanhã não sabemos". O autor do blog diz que a empresas aproveitam a poupança com a redução dos salários dos seus trabalhadores, para poderem comprar BMW e Mercedes (as 2 marcas de carros mais vendidas em Portugal durante o mês de Agosto).

Ter um BMW ou um Mercedes é sinal de status social e, se há coisa que o português gosta é mostrar o que tem, mesmo quando não tem o que comer. Não são as empresas que compram a maioria dos BMW e Mercedes que vemos a circular nas nossas estradas, mas sim pessoas "normais", o dito proprietário individual. E como é que essas pessoas compram os BMW ou os Mercedes? Através de financiamento, ALD ou Leasing.

O problema deste financiamento são as prestações e o prazo. Há quem compre carros de luxo sem entrada e pagam prestações de 500€ durante 10 anos. Repito 500€ durante 10 anos e, na última prestação ainda têm que entregar um valor residual de 3000€. 

Agora pergunto eu, se puxarmos pela ponta do véu, o que vamos descobrir? O empobrecimento generalizado dos portugueses para dar competitividade às empresas, ou portugueses sobreendividados, que vivem para poderem mostrar o que não têm?

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Quarta-feira, 18.09.13

E agora Maria Luís?

Isto está uma grande trapalhada. Desde a tomada de posse da Ministra da Finanças, não há mês que não surja mais um caso Swap. 

Agora é a vez de Almerindo Marques (talvez na tentativa de desculpar um bocado a sua má gestão) de vir acusar a Ministra. Esta por sua vez, está metida em cocó até ao pescoço. São contratos assinados, são pareceres favoráveis, são documentos que desaparecem...

Não está famoso, nem nunca esteve, para o lado da Maria Luís, mas vamos parar para pensar, o que é pior nesta fase? Ter um mau Ministro ou não ter nenhum? 

As culpas por esta trapalhada toda não devem ser atiradas à Ministra, devem ser atribuídas ao 1º Ministro que a convidou para o lugar e para o PR que assinou por baixo.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Quinta-feira, 22.08.13

Ora agora saio, ora agora fico

O nosso querido e popularucho Paulinho das Feiras, quer tanto, mas tanto mandar que tornou revogável uma decisão irrevogável, para ser vice do primeiro.

Mas atenção, só de nome, que funções bola.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Quarta-feira, 19.06.13

Mas será que agora tenho que gramar com o Paulinho das feiras sempre na televisão?

É que já não há paciência que aguente estar a ouvir o fulano sempre a dizer a mesma coisa: que o CDS não quer esta austeridade, que o CDS não concorda com as politicas seguidas pelo PSD, mas que o faz a bem de Portugal e para evitar um segundo resgate.

A cassete é sempre a mesma. Haja paciência.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Quinta-feira, 06.06.13

Os ratos estão a abandonar o barco

Ao fim de 6 anos de recessão e de se ter arrebentado com a vida de milhares de pessoas, é que o FMI se lembra de vir dizer que a Grécia deveria ter entrado em incumprimento e que não deveria ter sido resgatada.

Boa! E são estes srs. um dos nosso principais credores!

Autoria e outros dados (tags, etc)

Quinta-feira, 06.06.13

...

O Passos Coelho diz que não tem medo dos portugueses, mas eu tenho muito medo dele!

Autoria e outros dados (tags, etc)

Quarta-feira, 15.05.13

E o 4º milagre de Fátima é...

«Foi tomada uma decisão muito importante para o nosso futuro, que foi colocar atrás das costas, finalmente, a sétima avaliação - não se fala noutra coisa há quase um mês - e penso que foi uma inspiração - como já a minha mulher disse várias vezes - da Nossa Senhora de Fátima, do 13 de maio» - Aníbal Cavaco Silva.

Só tenho uma palavra para descrever isto: alzheimer!


Autoria e outros dados (tags, etc)

Segunda-feira, 06.05.13

A Ana Avoila é uma "senhora"

Há bocado estava a ouvir as noticias na rádio, quando me deparei com as declarações da Ana Avoila, à saída do encontro com o Secretário de Estado da Administração Pública, e ia caindo da cadeira com o susto que apanhei.

Primeiro porque as declarações que foram feitas aos jornalistas foram literalmente gritadas e, depois a linguagem da coordenadora da Frente Comum dos Sindicatos da Função Pública, podia ter sido bem melhor.

Passo a escrever o que a sra. disse, peço desculpa, gritou: "Este Governo está a governar em ditadura" e quer fazer "reuniões a correr para lixar os trabalhadores". Ok, concordo com a ditadura, mas "lixar" os trabalhadores!?!?

Pergunta: Lixar??? Mas que raio de linguagem é esta? Esta sra. está a coordenar sindicatos ou a taberna ali do Zé?

Agora, quanto à medidas. Trabalhar 40 Horas semanais, diminuição dos dias de férias por idade e  por antiguidade e idade da reforma equiparada à dos privados, não acho que lhes caiam as mãozinhas por isso.

Quanto à ADSE, porque raio hei-de eu de pagar, para os srs. que descontam para a ADSE, poderem ir aos hospitais privados? São funcionários públicos, vão aos hospitais públicos, como milhares de portugueses, e também não lhes vão cair as mãozinhas por isso.

O mal comum a muitos portugueses e, estou a referir-me tanto a trabalhadores do público como do privado, é que têm a mania que só têm direitos e que não têm obrigações com as entidades patronais.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Terça-feira, 23.04.13

Responsabilidade Civil

Em 2011 Passos Coelho, ainda líder da oposição dizia que os políticos deviam ser responsabilizados civil e penalmente pela autorização de despesas que não têm cabimento.

Volvidos 2 anos e depois de muitos escândalos, agora rebenta mais um, a contratação de swaps no sector dos transportes. Os swaps são contratos  que servem para proteger (supostamente) o financiamento da variação da taxa de juro. Podem ler uma explicação compreensível AQUI.

A Secretária de Estado do tesouro Maria Luís Albuquerque foi directora financeira da REFER e esteve envolvida na contratação de derivados financeiros. No entanto, escapou à demissão, enquanto outros 2 Secretários de Estado foram demitidos. E porquê? Porque a Sra. é a substituta de Vítor Gaspar em Bruxelas, além de correr mundo à procura de novos investidores para a divida pública e de ser uma interlocutora importante com a Troika.

Ora aí está mais um exemplo dos bons governantes que temos. Uma fulana que ajudou a prejudicar a REFER em milhões procura agora investidores na nossa divida pública.

Pergunto-me que preço é que vamos pagar, daqui a alguns anos, por isso.

Autoria e outros dados (tags, etc)



Pesquisar

Pesquisar no Blog  

Sigam-me no Facebook

Estrabucha



Podem também estrabuchar aqui

estrebucha@gmail.com


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.