Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Estrabucha

Aviso: Este blog é dado à parvoeira e raramente, mas muito raramente, falam-se de assuntos sérios.



Quinta-feira, 27.02.14

Contra-relógio

Li hoje uma noticia que um teste sanguíneo identifica alta probabilidade de morte nos 5 anos seguintes. Fiquei a matutar nisto.

Eu não tinha coragem para fazer este teste. Sou uma pessoa muito caginchas e tenho muito medo de morrer. 

Às vezes, quando já estou deitada começo a pensar "E se houvesse agora um tremor de terra e esta porcaria caísse toda. Eu ficava aqui soterrada e ninguém me vinha salvar. E morria". Por momentos fico aterrorizada. Aterrorizada de morte, o coração começa a acelerar e fico ofegante. Porque o que me aterroriza não é o sofrimento, mas a morte. Gosto tanto de andar por cá. Gosto tanto de viver que me causa angustia pensar que qualquer dia é dia Santo e eu com tanto para fazer.

Tenho para mim que as pessoas que fizerem este teste e que morreram dentro dos 5 anos, não morreram do mal, mas sim da "cura". Porque saber que podemos ir desta para melhor no espaço de 5 anos é coisa para maçar muito boa gente. A mim maçava-me de certeza.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Quinta-feira, 27.02.14

Is anybody out there?

Ontem recebi a resposta de um processo de recrutamento e selecção no qual estava inscrita e dizia que como tinham recebido muitas candidaturas, pessoas com um perfil mais alto como o meu, tinham sido excluídas.

É bom teres anos e anos de experiência e depois respondes a anúncios que pedem pessoas com um perfil igualinho ao teu e a resposta é um não redondo, porque como eu, há muitos no desemprego e esta é mais uma boa oportunidade para lhes enfiarem o dedo no cú.

Bem, estes ao menos ainda se dignaram em responder, ao fim de 2 meses, mas pronto. Irrita-me esta malta do R&S. Devem estar demasiado ocupados em entrevistas e a fazer relatórios para responderem às pessoas que podem ir mandando mais postais porque ainda não é desta.

Foda-se, estou mesmo a precisar de mudar de emprego.

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Quinta-feira, 27.02.14

Estão a ver porque é que eu não tiro selfies

Segundo uma sra. americana, que trabalha numa empresa especializada no combate ao piolho, as selfies são o motivo porque os ditos (piolhos) se andam a propagar pelas cabeças dos adolescentes.

E entretanto estou a coçar a cabeça feita maluca.

Autoria e outros dados (tags, etc)


Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

Pesquisar no Blog  

Sigam-me no Facebook

Estrabucha



Podem também estrabuchar aqui

estrebucha@gmail.com


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.