Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Estrabucha

Aviso: Este blog é dado à parvoeira e raramente, mas muito raramente, falam-se de assuntos sérios.



Segunda-feira, 08.09.14

Foi assim que aconteceu

É mais ou menos de conhecimento comum que eu e o homem somos tão românticos como uma parede de tinta a secar.

Casei-me fez 6 anos no dia 6 de Setembro, mas eu e o homem já vivíamos juntos há 3 anos. Já nos conhecíamos muito bem e já sabíamos com o que podíamos contar antes de nos casarmos.

E o pedido de casamento, ou o não pedido, tem tudo a ver connosco. Uma noite no carro enquanto íamos para casa falávamos de uma qualquer coisa até que eu me virei e perguntei-lhe quando é nos casávamos, ao que o homem respondeu que estava na altura de começar a pensar nisso e um ano depois casámos.

Não tive direito a joelhinho no chão nem a anel de noivado. E sabem que mais graças a Deus, porque não gosto nada dessas coisas e se o homem o fizesse acho que me começava a rir na cara dele.

E vocês pessoas? Tiveram direito a pedido fofinho ou foi assim como o meu?

Autoria e outros dados (tags, etc)


9 estrabuchas

De Patricia Pinto a 08.09.2014 às 19:16

Ainda no sábado, quando me estava a deitar e não sei bem pq pensei no nosso serão tão fixe, achei isso mesmo: que vocês são feitos um para o outro! Acho que não há outro homem neste Mundo tão afinado para ti, Maria Estrabucha!!!
Quem venham no mínimo mais 100!!!

De Estrabucha a 09.09.2014 às 11:58

O meu rico homem apesar dos defeitos que tem (e não são poucos) têm muita paciência para me aturar. Estou sempre a gozar com ele, e ele ri-se. Ao menos isso. Não é de expressar muito os seus sentimentos, mas ri-se com a mulher tolinha que tem.

estrabuchar o post



Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

Pesquisar no Blog  

Sigam-me no Facebook

Estrabucha



Podem também estrabuchar aqui

estrebucha@gmail.com


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.